Granada: explore a Cidade das Mil Maravilhas

granada

Descubra Madrid Concierge

5 de abril de 2024

Situada no sul de Espanha, Granada surge como uma joia cultural e histórica que cativa quem a visita. Com uma história que remonta a séculos, esta cidade andaluza respira a influência de várias civilizações que deixaram a sua marca nas suas ruas de paralelepípedos e nos monumentos emblemáticos.

Desde as suas origens como povoação ibérica até se tornar a última fortaleza muçulmana na Península Ibérica, Granada testemunhou momentos cruciais na história de Espanha.

O símbolo indiscutível de Granada é a majestosa Alhambra, um complexo palaciano que encarna a grandeza da arte islâmica e oferece uma janela para o esplendor do passado. Juntamente com os exuberantes jardins do Generalife, a Alhambra transporta os visitantes para uma época de sultões e poetas, onde a arquitetura e a paisagem se fundem numa harmonia única.

Mas Granada não se limita apenas à sua famosa Alhambra; O labiríntico bairro de Albaicín, declarado Património Mundial pela UNESCO, convida-o a perder-se nas suas encantadoras ruas e a contemplar as vistas panorâmicas da cidade e da Alhambra desde os seus miradouros.

Além disso, a cidade transborda de vida cultural, com uma vibrante cena flamenca, uma deliciosa gastronomia e uma variedade de eventos e festivais que a tornam um destino inesquecível para todos que a visitam. Granada é mais que uma cidade; É uma experiência que cativa os sentidos e alimenta a alma com a sua beleza e história.

Localização e como chegar a Granada

Granada, localizada no sul de Espanha, na comunidade autónoma da Andaluzia, é acessível a partir de vários pontos do país e do estrangeiro.
Granada está localizada no sudeste de Espanha, no sopé da Serra Nevada, Limita ao norte com a província de Jaén, a leste com a província de Almería, a sul com a província de Málaga e a sul com a província de Málaga. oeste pela província de Córdoba.

Como conseguir:

  • De avião: O Aeroporto Federico García Lorca Granada-Jaén (GRX) oferece voos nacionais e internacionais. Está localizado a cerca de 17 quilômetros do centro da cidade. Do aeroporto você pode chegar ao centro de táxi, autocar ou alugar um carro.
  • De Trem: A Estação Ferroviária de Granada oferece ligações com diversas cidades espanholas, como Madrid, Barcelona, ​​Sevilha e Valência. A Renfe, a companhia ferroviária nacional, opera a maioria dos serviços. A estação está localizada no centro da cidade, facilitando o acesso a hotéis e outros meios de transporte.
  • De ônibus: A Estação Rodoviária de Granada está localizada a cerca de 2 quilômetros do centro da cidade e oferece conexões com inúmeras cidades espanholas e destinos internacionais, como Portugal. Várias empresas de ônibus como a ALSA, oferecem serviços regulares de e para Granada.
  • De carro: Granada está ligada por estrada a outras cidades importantes da Espanha através da rodovia A-44, também conhecida como Rodovia Sierra Nevada. Além disso, existem estradas secundárias que permitem o acesso à cidade a partir de diferentes direções.
  • De transporte público: Uma vez na cidade, Granada dispõe de uma rede de transportes públicos que inclui autocar urbanos e táxis, e até uber o que lhe permitirá deslocar-se facilmente pela cidade e arredores.

História e Origens de Granada

A história e as origens de Granada são fascinantes e remontam a tempos antigos, é um testemunho da diversidade cultural e da riqueza da experiência humana na Península Ibérica, que deixou uma marca incontestável na estrutura da cidade e dos seus habitantes.

Granada from above
Goldmund100, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

  • Origens Antigas:
    Os primeiros assentamentos na zona de Granada datam da pré-história, com indícios de presença humana desde o Paleolítico.
  • Durante a época romana, a cidade era conhecida como “Iliberis” e era um importante enclave do Império Romano, com uma posição estratégica na rota entre Córdoba e Almería.
  • Era Muçulmana:
    Granada atingiu o seu máximo esplendor durante a dominação muçulmana da Península Ibérica. No século VIII, os muçulmanos conquistaram a cidade e a renomearam como “Garnata al-Yahud” (Granada dos Judeus).
    O período de dominação muçulmana foi marcado pela construção da emblemática Alhambra, complexo palaciano e fortaleza que se tornou o coração da cidade.
    Durante os séculos de domínio muçulmano, Granada tornou-se um importante centro cultural, artístico e científico na Europa, com uma economia florescente baseada na agricultura, no comércio e no artesanato.
  • Reconquista e Era Cristã:
    A Reconquista Cristã da Península Ibérica culminou com a queda de Granada em 1492, após a rendição do último rei muçulmano, Boabdil, perante os Reis Católicos, Fernando II de Aragão e Isabel I de Castela.
    O fim do domínio muçulmano marcou o início de uma nova era para Granada. Os Reis Católicos estabeleceram a sua corte na cidade e promoveram a construção de edifícios cristãos, como a Catedral de Granada, no local onde anteriormente se situava a Grande Mesquita.
  • Idade Moderna e Contemporânea:
    Durante os séculos que se seguiram, Granada viveu períodos de prosperidade e declínio, influenciados por acontecimentos como a expulsão dos mouros no século XVI e a Guerra da Sucessão Espanhola no século XVIII.
    Na contemporaneidade, Granada manteve o seu rico património histórico e cultural, tornando-se um importante destino turístico conhecido pela sua arquitectura única, cena cultural vibrante e atmosfera cosmopolita.

Declaração como Patrimônio Mundial

Granada, em reconhecimento ao seu extraordinário valor cultural e histórico, foi homenageada com múltiplas declarações como Património Mundial pela UNESCO.

As declarações mais notáveis ​​são:

  • A Alhambra, o Generalife e o Albaicín:
    Em 1984, a UNESCO declarou a Alhambra, o Generalife e o Albaicín como Património Mundial.
    A Alhambra é um dos exemplos mais importantes da arquitetura islâmica do mundo, com os seus impressionantes palácios, pátios e jardins que refletem a rica herança cultural de Al-Andalus.
    O Generalife, com os seus jardins e fontes requintados, é um oásis de beleza e serenidade que complementa a grandiosidade da Alhambra.
    O Albaicín, um labirinto de ruas estreitas e casas caiadas de branco, é um exemplo excepcional de bairro histórico muçulmano em Espanha, mantendo a sua autenticidade e encanto medieval.
  • A Sé Catedral, a Capela Real e o Mosteiro de São Jerónimo:
    Em 1984, a UNESCO também incluiu a Catedral de Granada, a Capela Real e o Mosteiro de São Jerónimo na lista do Património Mundial como parte do complexo monumental renascentista da cidade.
    Uma obra-prima do Renascimento espanhol, a Catedral de Granada é conhecida pela sua arquitetura imponente e impressionantes obras de arte, incluindo o túmulo dos Reis Católicos Fernando e Isabel.
    A Capela Real abriga os túmulos dos Reis Católicos, bem como de outros membros da realeza espanhola, e é um importante centro de peregrinação e devoção.
    Magnífico exemplo da arquitetura monástica do século XVI, o Mosteiro de São Jerônimo é conhecido pelo seu impressionante claustro e pela rica história religiosa e cultural.

Lugares essenciais: descubra o que ver em Granada

Convidamos você a assistir a este vídeo no qual contamos a melhor época para visitar esta bela cidade e o que você deve visitar.

Um dos nossos serviços é uma visita guiada à Alhambra, contacte-nos, além da traslado para Sierra Nevada e Walking tour centro histórico.

A Alhambra e o Generalife

A Alhambra e o Generalife, duas joias arquitetónicas situadas na colina Sabika, são paragens obrigatórias para qualquer visitante de Granada.

A Alhambra, como já dissemos, foi declarada Património Mundial pela UNESCO, é um complexo palaciano que combina a grandiosidade da arquitectura islâmica com a delicadeza dos seus detalhes ornamentais.

Alhambra Granada panorama
Robert Bovington, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Os seus palácios, como o Palácio Comares e o Palácio dos Leões, revelam a sofisticação e o esplendor da era Nasrida, com os seus intrincados tectos muqarnas, azulejos decorativos e pátios exuberantes.

La Alhambra, Granada 004
AdriPozuelo, CC BY-SA 3.0 ES, via Wikimedia Commons

Além disso, os jardins do Generalife, situados mesmo ao lado da Alhambra, oferecem um refúgio de paz e beleza, com terraços, fontes e passeios sombreados que convidam à contemplação e ao relaxamento.

Jardines de El Generalife. La Alhambra, Granada.
Roberto Chamoso G, CC BY-SA 3.0 ES, via Wikimedia Commons

Dos miradouros da Alhambra poderá desfrutar de deslumbrantes vistas panorâmicas sobre a cidade de Granada e as montanhas circundantes, acrescentando charme adicional a esta experiência inesquecível. Sem dúvida, a Alhambra e o Generalife são locais que cativam os sentidos e transportam os visitantes para outra época de esplendor e beleza na história de Espanha.

É altamente recomendável fazer a visita guiada, aqui oferecemos informações sobre a venda de ingressos para a Alhambra:

https://compraticketspro.alhambra-patronato.es (1 comprando no site oficial da Alhambra, existe a opção de entrada geral, que permite visitar toda a Alhambra, e caso não consiga a entrada geral, pode experimentar a DOBLA DE ORO, que dá acesso a alguns outros monumentos do centro histórico e Albaicín)

https://granadatur.clorian.com (O Granada Card é uma alternativa para quem não consegue adquirir os bilhetes no site oficial, ideal para adquiri-lo com 48 horas, pois com ele terá acesso a outros monumentos da cidade, bem como bilhete para os autocarros circulares). Inclui Alhambra (Alcazaba, Palácios dos Nazários e Generalife), Catedral, Capela Real, Mosteiro de La Cartuja, Mosteiro de São Jerónimo, Parque das Ciências, Casa Zafra, Sala Real, Abadia de Sacromonte, Museu Casa de los Tiros, Museu de Belas Artes e Museu Arqueológico. TRANSPORTE CARTÃO GRANADA: autocares urbanos: 9 viagens na rede local de autocares.)

A Catedral de Granada e Capela Real

A Catedral de Granada, magnífico exemplo da arquitetura renascentista, é um monumento emblemático no coração da cidade. Construída sobre as fundações da antiga mesquita de Granada, o seu desenho reflecte a transição do estilo gótico para o renascentista, com uma fachada principal que deslumbra pela sua ornamentação requintada e pelas suas duas imponentes torres.

Fachada de la Catedral de Granada
Juan Carlos Arizmendi, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

No seu interior, a Catedral abriga um impressionante acervo de obras de arte e relíquias que encantam os visitantes. Destacam-se pinturas de artistas como Alonso Cano e Pedro de Mena, além de esculturas de grande valor artístico. Um dos tesouros mais preciosos é o retábulo-mor, obra-prima do Renascimento espanhol esculpido em talha dourada.

Os horários de visitação da Sé Catedral variam consoante a época do ano, mas geralmente está aberta ao público todos os dias da semana, com horários adaptados para missas e visitas turísticas. O acesso à Catedral é fácil, pois está localizada no centro histórico de Granada, a curta distância de outros locais de interesse como a Capela Real e a Alcaicería.

Capilla Real de Granada, España,
Sofí.1B, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Mergulhe na beleza e na história da Catedral de Granada, onde a arquitetura renascentista e as obras de arte se entrelaçam para criar uma experiência inesquecível.

Mesmo ao lado da Sé Catedral encontra-se a Capela Real, local de profundo significado histórico e religioso. Esta capela abriga os túmulos dos Reis Católicos, Isabel I de Castela e Fernando II de Aragão, bem como de sua filha Juana I de Castela e de seu marido Filipe I de Habsburgo. A Capela Real é um excelente exemplo da arquitetura gótica e abriga um tesouro de arte sacra, incluindo pinturas, esculturas e objetos litúrgicos.

Granada-Capilla Real-6-Vista general de los sepulcros de los Reyes Católicos
Javi Guerra Hernando, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Tanto a Catedral de Granada como a Capela Real testemunham a rica história e património cultural da cidade e são locais imperdíveis para os amantes da arte, da história e da arquitectura.

O bairro Albaicín

O bairro de Albaicín, situado na colina em frente à Alhambra, é um dos locais mais pitorescos e encantadores de Granada. Este bairro histórico, também Patrimônio Mundial da UNESCO, cativa os visitantes com sua atmosfera medieval e labirinto de ruas estreitas e de paralelepípedos.
As características do Albaicín são uma prova do seu rico legado cultural e histórico. As suas casas brancas, de estilo tradicional andaluz, são adornadas com vasos de flores coloridas que contrastam com o branco das fachadas e criam um ambiente pitoresco e acolhedor. Ruas de paralelepípedos serpenteiam entre casas antigas, mesquitas convertidas em igrejas e praças animadas onde os moradores locais se reúnem para socializar.
Granada-Albaicín-Calle de Zarfa-20110920
Daniel Villafruela., CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Um dos destaques do Albaicín são os seus miradouros, que oferecem espectaculares vistas panorâmicas da Alhambra, do Generalife e do resto da cidade de Granada. Entre os mirantes mais famosos estão o Mirador de San Nicolás e o Mirador de San Cristóbal, de onde se pode contemplar a majestade da Alhambra iluminada pela luz do pôr do sol ou da noite.
GRANADA - La Alhambra vista desde el mirador de San Nicolas - panoramio
isol, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons
Granada cathedral from mirador San Cristobal Spain
Jebulon, CC0, via Wikimedia Commons
Caminhar pelo Albaicín é como voltar no tempo e mergulhar na história e cultura de Granada. As suas ruas estreitas cheias de charme, as suas casas brancas e os seus miradouros com vistas panorâmicas fazem deste bairro um dos locais mais mágicos e fotogénicos da cidade, e uma visita obrigatória para quem quer vivenciar a verdadeira essência de Granada.

Bairro Sacromonte

Um bairro único e pitoresco de Granada, Sacromonte é conhecido pelas suas tradicionais grutas escavadas na encosta, pela sua vibrante cultura cigana e pelos seus emocionantes espectáculos de flamenco. Este recanto histórico da cidade encarna a essência da vida boémia e a paixão pela música e pela dança.
Sacromonte é famosa pelas suas grutas, que durante séculos abrigaram comunidades ciganas. Estas grutas, escavadas na rocha, são um símbolo da identidade e da história do bairro, sendo que muitas delas são habitadas até hoje. Explorar Sacromonte é como mergulhar num labirinto de ruas estreitas e grutas caiadas de branco, onde se respira uma atmosfera autêntica e cheia de charme.

Museo-cuevas del Sacromonte (Granada), arboles sobre el Sacromonte, julio de 2017, foto 1
Eunostos, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

A cultura cigana é parte integrante da vida em Sacromonte. Aqui, os visitantes têm a oportunidade de mergulhar nas tradições e costumes desta comunidade, que deixou uma marca profunda na identidade de Granada. Além disso, Sacromonte é conhecido por seus emocionantes shows de flamenco, onde artistas locais oferecem apresentações cheias de paixão e energia no tradicional tablao de flamenco.
A história do Sacromonte está ligada à história de Granada e à sua diversidade cultural. Durante séculos, este bairro foi um ponto de encontro de diferentes culturas e comunidades, onde se entrelaçaram tradições, línguas e costumes.

Museo cuevas del Sacromonte-Granada (2)
Alberto-g-rovi, CC BY 3.0, via Wikimedia Commons

Hoje, Sacromonte continua a ser um refúgio para quem procura a autenticidade e a beleza da cultura cigana e do flamenco, e é um destino obrigatório para quem deseja vivenciar a verdadeira essência de Granada.

As zambras têm as suas raízes na história cigana de Granada e evoluíram ao longo dos séculos, mantendo a sua autenticidade e a sua ligação às tradições ancestrais. Durante uma zambra, os artistas flamencos oferecem performances emocionantes e enérgicas, transmitindo as emoções mais profundas através da música e da dança. Os espectadores têm a oportunidade de mergulhar na atmosfera única de Sacromonte, onde a arte flamenca ganha vida na sua forma mais pura e emocionante.

Granada, La Alborea (12)
Palickap, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Mosteiro da Cartuja em Granada

O Monasterio de la Cartuja é uma joia cultural e espiritual, também conhecido como Real Mosteiro de Nossa Senhora da Assunção da Cartuja, é um magnífico exemplo da arquitetura barroca localizado nos arredores de Granada. Fundada no século XVI pela Ordem dos Cartuxos.
Combina elementos do estilo renascentista e rococó. Sua fachada principal impressiona pela majestade e detalhes, com elaboradas esculturas e relevos que adornam a entrada principal. No interior, o visitante pode admirar um conjunto de capelas ricamente decoradas, bem como um impressionante altar-mor esculpido em talha dourada.
O Mosteiro da Cartuja possui belos jardins e um claustro que convida à contemplação e à reflexão. Os jardins, desenhados em estilo renascentista, oferecem um refúgio de paz e tranquilidade onde os visitantes podem desfrutar da beleza natural e da serenidade do ambiente. O claustro, com as suas colunas decoradas e arquitectura elegante, é um local ideal para passear e admirar a beleza arquitectónica do mosteiro.

Interior de la iglesia del Monasterio de la Cartuja de Granada
José Luis Filpo Cabana, CC BY 4.0, via Wikimedia Commons

A Alpujarra: um retiro rural de beleza natural e tradição

A Alpujarra, região montanhosa situada no sopé da Serra Nevada, ao sul de Granada, é um destino rural que cativa os visitantes pela sua deslumbrante beleza natural, pitorescas aldeias brancas e rica tradição cultural. Este recanto idílico da Andaluzia oferece um refúgio perfeito para quem procura desligar-se da agitação da cidade e mergulhar num ambiente de paz e serenidade.

Estas localidades são famosas pela sua arquitectura tradicional alpujarreño, com telhados planos, longas chaminés e varandas de madeira adornadas com flores. Caminhar pelas estreitas ruas de paralelepípedos destas localidades é como voltar no tempo e descobrir a autenticidade e o encanto da vida rural andaluza.

A Alpujarra é um paraíso para caminhadas e amantes da natureza, com uma rede de trilhas que serpenteiam por vales verdes, florestas exuberantes e montanhas escarpadas. Os visitantes podem desfrutar de uma variedade de percursos pedestres, que vão desde passeios suaves pelo campo até subidas desafiantes aos picos das montanhas, oferecendo vistas panorâmicas deslumbrantes e a oportunidade de descobrir a flora e fauna nativas da região.

Calle en Pampaneira. La Alpujarra, Granada.
Roberto Chamoso G, CC BY-SA 3.0 ES, via Wikimedia Commons

Sierra Nevada: a majestosa cordilheira que coroa Granada

A Serra Nevada, localizada a poucos quilómetros da cidade de Granada, é uma imponente cordilheira que oferece uma variedade de experiências aos visitantes durante todas as estações do ano. Com picos nevados, vales verdes e uma diversidade de flora e fauna, a Serra Nevada é um paraíso natural que convida à exploração e à aventura.

Sierra Nevada España (Spain) 10
Emilio J. Rodríguez Posada, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Com uma altitude máxima de 3.479 metros, o pico Mulhacén é o mais alto da Península Ibérica e uma das principais atrações da Serra Nevada. Escalar Mulhacén é uma experiência desafiadora e gratificante que oferece vistas panorâmicas deslumbrantes da cordilheira e além.

Mulhacen II 02
SkyMaja, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Durante os meses de inverno, a Serra Nevada torna-se um dos destinos de esqui mais populares de Espanha e da Europa. Com mais de 100 quilômetros de pistas de esqui e snowboard, além de uma moderna infraestrutura de teleféricos e serviços, a estação de esqui possui uma vida noturna vibrante, com bares e discotecas que animam as noites após um dia nas pistas.

Nos meses mais quentes, a Serra Nevada torna-se um paraíso para os amantes das caminhadas e da natureza. Com uma rede de trilhas bem sinalizadas que serpenteiam por paisagens deslumbrantes, os visitantes podem explorar vales floridos, lagoas cristalinas e picos imponentes. O Parque Nacional da Serra Nevada, que cobre grande parte da cordilheira, alberga uma grande variedade de flora e fauna, incluindo espécies protegidas como a águia-real e o lince ibérico.

Laguna Sierra Nevada - panoramio
Ana Rodriguez, Casa …, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Os Banhos Árabes de Granada: um oásis de relaxamento e cultura

Os banhos árabes de Granada oferecem uma experiência única que combina relaxamento, história e cultura num ambiente primorosamente decorado. Inspirados nas antigas tradições balneares do Al-Andalus, estes banhos convidam os visitantes a mergulhar num mundo de bem-estar e serenidade.
Com os seus tectos abobadados, arcos em ferradura e azulejos ornamentais, os banhos árabes recriam a atmosfera mágica dos banhos tradicionais da época islâmica. Os visitantes podem desfrutar de uma variedade de tratamentos, como massagens, banhos turcos e esfoliações, concebidos para rejuvenescer o corpo e revitalizar o espírito.
Para além da aposta no bem-estar, os banhos árabes de Granada oferecem também uma janela para a história e cultura do Al-Andalus, proporcionando uma experiência enriquecedora e memorável a todos aqueles que os visitam.

Baños árabes Hammam al Ándalus, Málaga, España, 2023-05-20, DD 135-137 HDR
Diego Delso, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Personagens notáveis ​​de Granada

Casa Museu Federico García Lorca: o legado do poeta em Granada

Federico García Lorca, nascido em Granada, poeta e dramaturgo espanhol, é um ícone literário do século XX, atribuído à geração de 27. Sua obra, marcada pela sensibilidade, paixão e tragédia, capta a essência da alma humana e a beleza da natureza. Lorca é reconhecido por obras como “Bodas de Sangre“, “Yerma” e “La Casa de Bernarda Alba“, bem como pela sua poesia emotiva e profunda, onde explora temas como o amor, a morte e a identidade.

A sua vida foi marcada pelo seu compromisso com a arte e a sua trágica morte durante a Guerra Civil Espanhola faz dele um símbolo da luta pela liberdade e pela justiça. Seu legado vive através de seu trabalho, que continua a ser estudado, admirado e celebrado em todo o mundo.

A Casa Museu Federico García Lorca, localizada na cidade de Granada, é um lugar sagrado para os amantes da literatura e das artes. Este edifício histórico foi a casa da família García Lorca durante vários anos e agora abriga uma inestimável coleção de recordações, objetos pessoais e obras do ilustre poeta e dramaturgo espanhol Federico García Lorca.

Além das exposições permanentes, a Casa Museu Federico García Lorca também organiza eventos culturais, conferências e atividades relacionadas com a literatura e as artes performativas. Isto faz com que seja um ponto de encontro para escritores, artistas e entusiastas culturais que desejam homenagear o legado de um dos grandes gênios literários do século XX.

00a Casa de la familia García Lorca (Valderrubio)
Mromsan, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Francisco Ayala outro personagem ilustre de Granada

Francisco Ayala foi um destacado escritor e ensaísta nascido em Granada em 1906 e falecido em Madrid em 2009. É considerado um dos principais expoentes da literatura espanhola do século XX. Ayala destacou-se pelo estilo narrativo refinado e pela capacidade de explorar as complexidades da condição humana.

Entre suas obras mais conhecidas estão romances como “Dog Deaths” e “The Garden of Earthly Delights“, além de ensaios como “The Writer in Mass Society“. Ayala também foi membro da Real Academia Espanhola e atuou como professor e crítico literário.

A sua obra literária e o seu compromisso com a defesa da liberdade e dos direitos humanos fazem dele uma figura essencial na cultura espanhola contemporânea.

Delícias gastronômicas: sabores autênticos de Granada

A gastronomia de Granada é uma festa para os sentidos, onde as influências árabes, mediterrânicas e andaluzas se fundem para criar uma experiência culinária única. Entre os pratos mais emblemáticos está a “tapa”, uma pequena porção de comida servida gratuitamente com bebidas em bares e restaurantes locais.

As tapas de Granada são famosas pela sua generosidade e variedade, desde as clássicas como a omelete espanhola e os croquetes, até às mais elaboradas como o “pescaíto frito” e o “plato alpujarreño”.

Berinjelas fritas com mel

Receita bem simples, a berinjela normalmente é servida cortada em palitos, mas também pode ser servida em rodelas. O contraste de sabores é o segredo do sucesso desta tapa.

Banho de Granada

Uma refrescante salada de laranja, bacalhau e azeitonas, pode adicionar cebola, ovo cozido…polvilhado com páprica.

Prato Alpujarreño

É uma receita forte, composta por: batata à pobre, ovos fritos, chouriço e chouriço, pimentos fritos, um pedaço de lombo de porco e presunto serrano.

Plato alpujarreño
Boca Dorada, CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Pote de San Anton

Mais um prato farto e típico de inverno que vai te aquecer. Composto por: arroz cozido, feijão branco, chouriço, máscara, orelha, rabo e pringá, previamente é servido um prato de caldo com feijão seco. Você vai lamber os dedos.

Omelete Sacromonte

Outra iguaria que pode saborear em Granada é a típica tortilha de Sacromonte, a sua base são as miudezas: juntam-se criadillas, miolos… e juntam-se chouriço, favas, ervilhas, presunto e pimentão, além de batata e ovo para dar a forma de tortilha.

Pionono

Podemos ainda destacar as sobremesas, entre as quais o pionono, um pequeno bolo composto por uma fina folha enrolada de pão de ló, banhado num molho doce e natas torradas.

Granada - Pionono (02)
© GrandCelinien / Wikimedia Commons / CC-BY-SA-3.0, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Também pode estar interessado em…

Somos especialistas em tours guiados com fluência em português

Contato:

    INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS

    Responsável: DESCUBRA MADRID CONCIERGE S.L.-. Finalidade: Gerenciar a solicitação que você fizer neste formulário de contato. Legitimação: Consentimento do interessado DESTINATÁRIOS: Não serão cedidos a terceiros salvo obrigação legal. DIREITOS: Você pode exercer seus direitos de acesso, retificação, exclusão, oposição e outros direitos legalmente estabelecidos a qualquer momento através do e-mail sergio @ descubramadrid.com
    INFORMAÇÃO ADICIONAL: Pode consultar aqui informação adicional e detalhada sobre proteção de dados.

    Aceito a política de privacidade.

    Tem alguma dúvida ou sugestão? Entre em contato com a gente. Nossos telefones estão à sua disposição.

    Whatsapp:

    Telefones:

    +34 91 005 26 74

    +34 622 672 201

    +55 113 042 797

    0 comentários

    Olá, você precisa de ajuda?