Estação de Atocha – Almudena Grande

Estação de Atocha – Almudena Grande

A Estação de Atocha é a principal estação ferroviária de Madri, localizada no centro da cidade. É uma das maiores estações de trem da Europa e é um importante ponto de passagem para quem visita a cidade. Recentemente seu nome mudou para Almudena Grande.

A primeira estação foi construída em 1851 e era muito mais simples do que a atual. Ela foi ampliada e renovada várias vezes ao longo dos anos para acomodar o crescente tráfego ferroviário.

O edifício atual da estação foi construído em 1892 e projetado pelo arquiteto de Madri Alberto de Palácio Elissagne, com colaboração do engenheiro Francisco Jareño. O edifício é conhecido pelo seu estilo arquitetônico único, com uma fachada de pedra e janelas grandes que deixam entrar muita luz natural.

A Estação de Atocha é um importante ponto de passagem para quem visita Madri, pois é um terminal ferroviário principal e também é servida por várias linhas de metrô, ônibus e táxi. Dentro da estação, há vários quiosques, lojas e restaurantes para os viajantes. Além disso, há uma área verde coberta, chamada de Jardim de Atocha, que é um oásis de tranquilidade no meio da agitação da cidade. O jardim é habitado por várias espécies de plantas e animais, incluindo pássaros e tartarugas.

Se você estiver visitando a cidade, certamente irá passar pela Estação para pegar um trem para cidades vizinhas, ou outros destino ao norte ou ao Sul de Espanha

Fatos importantes que aconteceram na Estação.

Os Atentados de Atocha ocorreram em 11 de março de 2004, quando uma série de bombas explodiram em trens de metrô em Madri, Espanha. As explosões aconteceram durante o horário de pico da manhã, quando os trens estavam lotados de passageiros, e deixaram mais de 190 pessoas mortas e mais de 1.800 feridas.

As bombas foram colocadas em mochilas e explodiram em quatro trens que estavam viajando para a Estação de Atocha, a principal estação ferroviária da cidade. As explosões causaram um caos total na rede de metrô de Madri e deixaram a cidade em estado de choque.

Os responsáveis pelos atentados foram posteriormente identificados como um grupo extremista islâmico conhecido como “Al Qaeda”, que reivindicou a autoria dos ataques em um vídeo encontrado em uma casa em Madri. Os membros do grupo foram posteriormente presos e condenados por seus crimes.

foram um dos maiores ataques terroristas na história da Espanha e deixaram uma marca profunda na sociedade espanhola. Ainda hoje, a data é lembrada como um dia de luto e reflexão.

Como chegar na estação de Atocha?

A Estação Atocha  e é a principal estação de trem da cidade, servindo tanto ao trem de alta velocidade  das companhias  RENFE, com os AVE, como as companhias privadas OIUGO, IRYO, e ainda faz ligação às zonas metropolitanas e suburbanos da capital espanhola. 

 A Estação Atocha fica localizada na Calle de Atocha, a uma curta distância a pé do Parque del Retiro, do Museu do Prado, do Museu Reina Sofia e da Catedral de Almudena

Existem várias opções de transporte para chegar à Estação Atocha. Os viajantes podem optar por tomar o metrô (linhas 1), táxis, ônibus, trens, e até mesmo a bicicleta públicas.

Para os que estão hospedados próximo à Gran Via, recomendo tomar a linha gratuita, saindo do intercambiador de Moncloa, ônibus 001. 

Para você que ainda nao nos acompanhe pelas nossas redes, siga-nos e fique por dentro de tudo que esta acontecendo na cidade.

Venha conhecer Espanha com nossos guias. Siga-nos no nosso instagram

 

 

Reivellon em Madrid

Reivellon em Madrid

A Porta del Sol é um famoso ponto turístico em Madrid, Espanha. É um amplo espaço público situado no centro da cidade, próximo à Plaza Mayor e à Catedral de Almudena. O nome “Puerta del Sol”  é herdado de seu uso anterior, já que era uma das entradas da muralha que cercava Madrid no século XV e o nome vem de um sol que estava na porta. Sempre foi considerado ponto de encontro dos Espanhóis, lugar muito popular para os moradores de Madrid e turistas, que vão lá para apreciar a vista da cidade, tomar um café ou simplesmente relaxar em um dos bancos ou jardins. Além disso, é também um ponto de congruência  para muitas das principais atrações turísticas de Madrid, como o Mercado de San Miguel e o Museu do Prado.

A Festa de Ano Novo, nosso reveillon é  conhecida como “Nochevieja” em espanhol, é comemorada em toda a Espanha, em Madrid, a celebração é realizada principalmente na Puerta del Sol. A festa é conhecida por ser bastante animada, com muita música, dança e fogos de artifício. Além disso, muitas pessoas se reúnem para comemorar a chegada do novo ano com a tradicional “Uva de la Suerte”, que consiste em comer 12 uvas enquanto o relógio bate as 12 badaladas. Outra tradição comum durante a Festa de Ano Novo em Madrid é o “cotillón”, uma celebração alegre que inclui música, dança e muita diversão até o amanhecer. Se você estiver em Madrid durante a Festa de Ano Novo, é uma ótima oportunidade para experimentar as tradições locais e comemorar a chegada de um novo ano com muita alegria e entusiasmo.

Outra opção para quem busca um local quentinho, lembrando que por aqui estaremos com temperaturas gélidas, é buscar um bom restaurante para esse dia, os menus são a preço fechado e oferecem uma boa festa. Alguns restaurantes tradicionais que podem ser uma ótima opção incluem:

  1. La Entretenida: um restaurante situado no coração do bairro de las Letras, gastronomia espanhola,  oferecem menu a partir de 150 euros por pessoa
  2. Gingko Sky Bar,  um dos Rooftop mais cobiçados do momento, promete uma festa muito animada e com menus a 450 euros. Gastronomia fusion, e que debras, umas vistas maravilhosas . 
  3. Ten con Ten o  restaurante de luxo queridinho dos brasileiros,  localizado no bairro de Salamanca, tem um menú a partir de 690 euros, crianças 150 euros, e caso opte somente para a festa, sem o jantar, menu barra livre à 350 euros.
  4. Amazônico, que faz parte do grupo Paraguas, do mesmo dono de Ten con Ten, também possue uma oferta muito parecida ao Ten con Ten..
  5. Zielou : um restaurante que está em destaque pela qualidade da sua gastronomia, e um preço bastante acessível  localizado no bairro de Chamartín, em uma classico discoteca, com uma cozinha moderna que mistura elementos tradicionais espanhóis com influências internacionais. Para quem optar pelo menu de 250 Euros, que estaria incluído o jantar, poderá desfrutar da festa a partir da 01:00 da manhã. Lembrando que as crianças podem ir ao jantar, após o horário de 01:00 não está permitido entrada de crianças

Esses são apenas alguns exemplos de restaurantes que oferecem menus especiais para a Festa de Ano Novo em Madrid. É importante lembrar que, como a Festa de Ano Novo é uma ocasião muito popular, é imprescindível fazer reservas com antecedência para garantir um lugar. Os deixo os links para que possam realizar sua reserva diretamente com o Restaurante. 

Para vocês todos que chegaram até aqui, nosso agradecimento, e um feliz ano de 2023 .
Saúde e Paz!

Outros temas muito interessante que você pode encontrar por aqui

O charme imperdível de Sevilha, Granada,  Malaga e Ronda

O charme imperdível de Sevilha, Granada, Malaga e Ronda

Descubra o sul da Espanha e seus encantos: de Sevilha aos pueblos, passando pela rua mais bonita do mundo

A parte sul da Espanha tem joias visitadas por pessoas do mundo todo, se você está pensando em ir a Madrid ou Barcelona, considere incluir uma visita à estas cidades. Algumas, são mais conhecidas para os turistas e outras nem tanto, e isso faz com que às vezes você esteja pertinho de um lugar incrível e não o inclua no roteiro.

O sul da Espanha é uma região que foi influenciada por outras culturas, especialmente a árabe. Em Sevilha, por exemplo, conhecemos de perto a herança histórica de 800 anos de ocupação desses povos. Destaque para o Real Alcázar, formado por um complexo de suntuosos palácios.

A Descubra Madrid te ajuda a criar uma programação na sua estadia na região. Com guia turístico credenciado pela Unesco, e dicas de quem conhece bem esse pedaço do país, podemos por exemplo, sugerir a visita de alguns “pueblos”, que são essas cidades bem pequenas com poucos habitantes, porém ricas de história e cultura espanhola, além de viabilizar questões práticas, como traslado.

Uma vez em Sevilha, vale esticar à região de Cádiz, que entre outros atrativos tem a rua mais bonita do mundo: Calle Cuevas del Sol — Setenil de las Bodegas. Setenil de Las Bodegas é uma pequena cidade espanhola de aproximadamente 3 mil habitantes, localizada na província de Cádiz. A região é a dona da rua mais bonita do mundo, segundo a revista Architectural Digest. Em Cádiz, Visite também a imperdível Zahara de la Sierra é um dos pueblos mais bonitos da chamada “Rota de los Pueblos Blancos”. Está localizado no parque natural de la Serra de Grazalema, na província. Essa aventura lhe dá a chance de ver como se produz azeite em um empresa fundada em 1755. Vale a pena conferir.

Roteiro Andaluzia

Calle Cuevas del Sol, Cádiz

Sevilha

Sem dúvidas, o destino mais conhecido da região da Andaluzia, é Sevilha. Na lista do que fazer não pode faltar visitar a catedral gótica e vivenciar uma apresentação de flamenco. Sevilha é rica em patrimônios históricos que podem ser apreciados durante o dia para aproveitar a noite em um dos bares ou restaurante. Sevilha é uma cidade muita animada. Reales Alcázares de Sevilha, Catedral de Sevilha, Metropol Parasol, Isla Mágica, Parque de Maria Luísa, Torre del Oro são só algumas atrações que você não pode perder da cidade. Não deixe de visitar algumas locações de Game of Thrones. Se você reservar 3 dias, conseguirá ver as principais atrações de Sevilha com nosso guia especializado.

Granada

Granada é uma cidade na região de Andaluzia, nos contrafortes das montanhas da Sierra Nevada. Ela é conhecida pelos grandiosos exemplos de arquitetura medieval que datam da ocupação moura, especialmente a Alhambra. Não é uma coincidência, portanto, que essa charmosa cidade medieval faça parte da lista de Patrimônios da Humanidade da Unesco. A vasta fortaleza, no topo de uma colina, abrange palácios reais, pátios e espelhos d’água da dinastia Nasrid, além das fontes e dos pomares dos jardins de Generalife. Somente estas atrações já valeriam o passeio até Granada, mas a região tem até um vale nevado para oferecer. Além de ter um bairro, Albaicín, que está entre os patrimônios da humanidade, um bairro para perder-se por suas ruas labirínticas e estreitas, contemplar a seus mirantes e desfrutar de suas raízes árabes. 

A Sierra Nevada é um maciço montanhoso situado na Andaluzia, Espanha, pertencente ao sistema Bético, concretamente à cordilheira Penibética, que se estende pela zona centro-sudeste da província de Granada e parte do sudoeste da província de Almeria. Sierra Nevada é o principal destino da Espanha para esportes de inverno, onde é mais fácil ver neve no país.

Málaga

Málaga é uma cidade portuária banhada pelo mar Mediterrâneo, situada na Costa del Sol, no sul da Espanha. Conhecida pelos grandes hotéis e resorts que se projetam acima de praias de areia amarela. Pairando sobre esse horizonte moderno estão as 2 grandes cidadelas localizadas no topo de colinas da cidade, a Alcáçova e as ruínas de Gibralfaro, resquícios do domínio mouro. A arrojada catedral renascentista da cidade é apelidada de La Manquita, “dama de um só braço”, por conta do fato de que a construção de uma de suas torres curiosamente não foi concluída.

A muralha que você vê de qualquer ponto da cidade foi construída pelos muçulmanos antes da independência da Espanha. A cidade fica no Mediterrâneo. Quase dá para ver Marrocos do outro lado. A muralha é o grande charme da cidade. Subir na muralha e ver a cidade lá do alto vale a parada em Málaga, que tem o teatro romano, o banho turco e o museu de arte contemporânea Pompideou para explorar. O almoço no Mercado de Mercedes Atarrazanas é imperdível e não dá pra visitar o local de nascimento de Picasso sem dar uma passada na casa onde ele viveu, que hoje é um museu.

Ronda

Ronda é um dos lugares mais incríveis da Espanha, a localização é o que faz dessa cidade singular. Ronda está situada no cume da montanha, à beira de um desfiladeiros profundo, o penhasco do cânion Guadalevín, que atravessa o centro da cidade. Este desfiladeiro (El Tajo) separa a cidade nova, fundada aproximadamente no século XV, da cidade velha, que data da ocupação moura. Puente Nuevo é uma ponte em pedra que atravessa o desfiladeiro e tem um miradouro para desfrutar das vistas panorâmicas. A Plaza de Toros da cidade nova, uma lendária praça de touros do século XVIII, é um dos pontos de referência mais reconhecidos da cidade. Não existe aeroporto na cidade, normalmente, os turistas que vem de outros países chegam pelo aeroporto de Madrid ou Barcelona, e é possível chegar também por Sevilha (133 km) e Málaga (103 km).

A Puente Nueva de Ronda é disparada a principal atração da lista do que fazer em Ronda, na Andaluzia. A paisagem da antiga ponte que atravessa a enorme fenda no meio da cidade é uma das mais marcantes da Espanha. Ronda é um dos berços da tourada na Espanha e se a cidade recebe esse título, com certeza é devido a Plaza de Toros de Ronda, que foi construída no ano de 1785.

Conheça um pouquinho sobre Andaluzia em nosso video.

Quer reservar seu passeio por Analuzia?

Escreva-nos pelo nosso whatsapp +34-622672201 e personalizamos seu passeio. Lembrando que todos nossos passeios sao privados.

Hola ¿necesitas ayuda?